MODERNIZAÇÃO DA ILUMINAÇÃO PÚBLICA REDUZ CONSUMO EM 11,7%

RGE deve iniciar ainda este mês a instalação de 1.468 luminárias LED, substituindo lâmpadas de alta pressão por tecnologia mais econômica e durável

O Programa de Modernização do Sistema de Iluminação Pública de Santo Ângelo, instituído na primeira gestão do prefeito Jacques Barbosa, ultrapassou a marca de três mil luminárias LED instaladas em ruas e praças da cidade, e já apresenta resultados altamente satisfatórios para os cofres públicos e para a população que circula com mais segurança nas áreas contempladas. Mesmo diante do aumento no quantitativo de luminárias instaladas na área urbana e rural a redução no consumo chegou 11,7%.


Os números estão no inventário no sistema realizado pela Rio Grande Energia (RGE) entre novembro e dezembro do ano passado, e apresentado ao prefeito Jacques nesta quinta-feira, 15, na presença do secretário municipal de Meio Ambiente e Desenvolvimento Urbano, Francisco da Silva Medeiros, do servidor Antônio Cardoso e de Adolar Queiroz; pelo gerente de Relações Institucionais da empresa, Rafael Lugoch e pelo coordenador de Projetos da RGE, Paulo Margarin.


“Este é o objetivo do programa de modernização: aprimorar o fluxo luminoso e reduzir custos para o município. Para uma cidade do porte de Santo Ângelo, 11,7% é uma redução significativa no consumo de energia elétrica”, comemorou Jacques.

“Enquanto isso, municípios do mesmo porte que não investem na eficientização do sistema público de iluminação têm, em média, aumento de 20% nos custos do serviço”, afirmou Margarin.


O INVENTÁRIO

A atividade de levantamento do sistema de iluminação pública foi realizada em conjunto RGE/Município e a empresa Bureau Veritas, com verificação in loco dos pontos e por meio de georreferenciamento, técnica e fotográfica.


Segundo os representantes da RGE, a atualização do sistema pela RGE indicou a existência de 11.749 pontos de iluminação pública, 61 luminárias a mais que no último levantamento - o que representa um aumento de 0,7% - e foi registrada uma queda no consumo de energia de 556.785,068 kWh para 491.619,980 kWh.


MODERNIZAÇÃO

A partir da iniciativa do prefeito Jacques Barbosa de implantar o programa de modernização e substituir um sistema de iluminação pública ultrapassado, ineficiente e caro por tecnologia LED, com maior abrangência de luminosidade, prazo estendido de garantia (cinco anos), mais econômico e não poluente, a RGE apresentou a sua contrapartida por meio do Programa de Eficiência Energética e está investindo mais de R$ 1 milhão em Santo Ângelo.


De acordo o gerente de Relações Institucionais, a RGE deve iniciar ainda este mês a sua contribuição para o município, investindo na substituição de 1.468 lâmpadas de alta pressão (vapor de sódio e vapor de mercúrio) por tecnologia LED. Segundo Lugoch, o projeto está aprovado e uma empresa terceirizada está contratada para a execução do serviço.

7 visualizações0 comentário