Modernização da iluminação pública já chegou a 75% dos bairros de Aracaju


A partir de uma Parceria Público-Privada (PPP), Aracaju avança para se tornar a primeira capital do país a ter 100% da iluminação pública com a tecnologia de LED, mais econômica e durável. Ao longo do mês de janeiro, a Prefeitura de Aracaju, por intermédio da Secretaria Municipal da Infraestrutura (Seminfra), ampliou a substituição das luminárias, serviço que chegou a mais nove bairros da capital.


Atualmente, 37 dos 49 bairros já estão passando pela modernização, o que representa 75% dos bairros da cidade. São eles: 13 de Julho, 17 de Março, 18 do Forte, Aeroporto, América, Aruana, Atalaia, Bugio, Centro, Cidade Nova, Cirurgia, Coroa do Meio, Dom Luciano, Getúlio Vargas, Grageru, Inácio Barbosa, Industrial, Jabotiana, Jardim Centenário, Jardins, José Conrado de Araújo, Luzia, Marivan, Novo Paraíso, Olaria, Pereira Lobo, Ponto Novo, Porto Dantas, Robalo, Salgado Filho, Santa Maria, Santo Antônio, Santos Dumont, São José, Siqueira Campos, Soledade e Suíssa.


Ao todo, até o momento, já foram substituídos mais de 7.370 pontos de iluminação e, entre os bairros que recebem a modernização, os mais avançados são Jardim Centenário (79%), Bugio (77%), 17 de Março (55%) e Dom Luciano (53%).


Parte do Planejamento Estratégico 2021-2024 da gestão municipal, a substituição dos pontos de iluminação por uma tecnologia mais moderna, conforme a previsão, deve ser concluída ainda neste ano. Para isso, a Prefeitura preparou um projeto que atende à demanda da cidade.


Entre os benefícios da modernização está a economia. Com o modelo antigo, somente para realizar a manutenção do parque de iluminação pública, eram gastos R$350 mil por mês. Outra grande redução será com o gasto de energia, que representa, mensalmente, R$1,6 milhão para o erário municipal. Com a PPP, a troca dos 59.375 pontos de iluminação da cidade vai gerar 60% de economia para os cofres do Município.


De acordo com o secretário municipal da Infraestrutura e presidente da Empresa Municipal de Obras e Urbanização (Emurb), Sérgio Ferrari, além dos aspectos econômicos, o ganho também será para a melhoria urbanística.


“A modernização dos pontos de iluminação pública vai proporcionar um aumento da segurança pública, já que foi comprovado que há relação direta entre iluminação pública e segurança pública. Além disso, teremos uma melhora no aspecto urbanístico por valorizar a cidade, os espaços públicos, patrimônios históricos e promover a valorização imobiliária”, aponta Ferrari.


PPP da iluminação

Essa modernização está sendo possível devido à Parceria Público-Privada da Iluminação, a partir da qual a empresa Conecta Aracaju S/A assumiu a gestão do parque de iluminação pelos próximos 13 anos e tem o prazo de 18 meses para realizar a melhoria de quase 60 mil pontos luminosos e a ampliação da rede na cidade. Além disso, 16 pontos turísticos terão iluminação especial, aumentando o embelezamento e o potencial atrativo dos cartões-postais da capital sergipana.


Fonte: Aqui Acontece

6 visualizações0 comentário