Leilão em São Paulo define vencedor da PPP em Sapucaia do Sul.

Atualizado: 27 de Nov de 2020


O consórcio I


lumina Sapucaia do Sul arrematou a concessão de iluminação pública da cidade, em leilão realizado na sexta-feira na B3, em São Paulo. A concessão destes serviços, a partir de uma parceria público-privada (PPP0 foi viabilizada por meio do Fundo de Apoio à Estruturação e ao Desenvolvimento de Projetos de Concessão e Parcerias Público-Privadas (FEP), que é administrado pela Caixa Econômica Federal. O investimento previsto é de R$ 33 milhões.

O consórcio vai prestar serviços com o objetivo de desenvolver, modernizar, expandir e promover a eficientização energética, além de o


perar e realizar manutenção nas redes locais pelos próximos 13 anos. O projeto da cidade do Vale do Sinos foi selecionado por meio de chamamento público do Fundo de Apoio a Estruturação de Projetos de Concessão e PPP e tem apoio do Ministério do Desenvolvimento Regional e da Secretaria Especial do Programa de Parcerias e Investimento. A estruturação da PPP é realizada pela Caixa em parceria com a Corporação Financeira Internacional (IFC), instituição ligada ao Banco Mundial, e conta com o cofinanciamento do Global Infrastructure Facility (GIF).

A concessão de iluminação pública de Sapucaia do Sul prevê a modernização de 11 mil pontos de iluminação ao longo de 18 meses, podendo chegar a 13 mil pontos ao final do contrato. O projeto prevê a utilização de lâmpadas do tipo LED, visando promover a redução do consumo de energia em 66%, melhorar a qualidade dos serviços, valorizar o uso dos espaços urbanos pela população e melhorar a segurança pública.



8 visualizações0 comentário