ABCIP apresenta panorama das concessões de iluminação pública a investidores do Santander

Pedro Vicente Iacovino, presidente da Associação, destaca potencial do mercado e os resultados das PPP’s de iluminação pública promovidas no âmbito municipal




São Paulo, outubro de 2021 - A Associação Brasileira das Concessionárias Privadas de Iluminação Pública (ABCIP) foi convidada a participar de uma conferência organizada pelo Santander com os investidores para apresentar o segmento de iluminação pública (IP) e o potencial das parcerias público-privadas nesse setor. Na oportunidade, o presidente da entidade, Pedro Vicente Iacovino, destacou o lançamento do segundo panorama da participação privada no setor de iluminação pública brasileiro, em junho deste ano, onde se constatou uma mudança significativa em relação à primeira edição, publicada em 2019.


“Observamos um grande aumento do número de contratos firmados. Mapeamos, até março deste ano, 51 contratos assinados, contra 19 existentes em 2019, e 442 projetos em andamento nos municípios brasileiros. Para se ter melhor noção do crescimento, em 2019 havia apenas uma capital com PPP de iluminação pública implantada e agora já são nove. Até o final deste pode-se chegar a 11, com os projetos de Curitiba e Fortaleza”, afirmou Iacovino. Outro sinal promissor é a presença de cinco multinacionais já atuando como concessionárias de iluminação pública.


O presidente da ABCIP destaca que as PPP’s têm de apresentar performance durante toda a concessão e reforça que os atuais modelos têm matriz de risco bastante equilibrada. Após a conclusão dos investimentos os índices operacionais melhoram muito, com uma redução do consumo de energia na ordem de 70%; o número de defeitos na rede e de reclamações também se reduz na ordem de 90%. “A população enxerga de maneira muito positiva os resultados dessas concessões”, reforça.


As concessões de iluminação pública, segundo Iacovino, também atendem às melhores práticas de ESG, contribuindo para a redução das emissões de carbono devido ao menor consumo de energia, gerando economia aos municípios e trazendo mais conforto e segurança aos cidadãos.

Por fim, o presidente da entidade lembrou que a rede de iluminação pública será plataforma para as cidades inteligentes, integrando soluções sustentáveis e tecnológicas que proporcionarão segurança e bem-estar à população.



Para mais informações contatar:

Cristiane Pinheiro – Cristiane.pinheiro@casecomunicacao.com.br

Case Comunicação Integrada

Tel.: (11) 9 9992-9436



17 visualizações0 comentário