ABCIP apoia Forum Exame de Infraestrutura, Cidades e Investimentos




Fórum EXAME de infraestrutura acontece nesta terça: veja programação

Evento discute temas como a visão de grandes empresas sobre as novas perspectivas para o setor e o impacto dos leilões; acesso é gratuito, com transmissão online

Por Carla Aranha Publicado em: 08/11/2021 às 10h16Alterado em: 08/11/2021 às 13h25


Com a participação de Mansueto Almeida, economista-chefe do BTG Pactual, Claudio Ribeiro, CEO da 2W Energia, e Luis Henrique Guimarães, diretor-presidente da Cosan, entre outros, o Fórum EXAME Infraestrutura, Cidades e Investimentos, será realizado nesta terça, dia 9, com transmissão online pelo canal da EXAME no YouTube. Para assistir, basta preencher o cadastro – o evento acontece das 8h50 às 18h.


Os maiores nomes da infraestrutura urbana brasileira (veja a lista abaixo) irão debater o desenvolvimento do setor de infraestrutura nas áreas de saneamento, mobilidade, transporte e logística.


Entre os principais temas tratados, estão os impactos dos investimentos em infraestrutura e dos avanços tecnológicos em telecomunicações, como o 5G, na economia do país. A importância da abertura de mercado no setor de saneamento básico e os leilões do setor também será debatida, assim como o fornecimento de energia de forma segura, em um contexto de crise hídrica e risco de racionamento.


Ao final dos debates, será divulgada a última edição do Ranking das Melhores Cidades para Negócios, elaborado em parceria com a Urban Systems.


Programação

08:50 - 09:00 - Welcome Speech

09:00 - 10:00 - A visão das gigantes e do governo para a infraestrutura

10:00 - 11:00 - Economia: os impactos nos investimentos em infraestrutura

11:00 - 12:00 - A importância dos leilões para impulsionar o setor de infraestrutura

12:00 - 13:00 - Debate Fundamental sobre ENERGIA: fornecimento seguro e riscos mínimos de racionamento

13:00 - 13:45 - Estudos de casos: Conheças os cases da 2W, V.Tal e Embratel

14:00 - 15:00 - A importância do saneamento para o setor de infraestrutura

15:00 - 16:00 - Tecnologia e telecomunicação do future.

16:00 - 17:00 - Mobilidade urbana e desenvolvimento econômico

17:00 - 18:00 - Apresentação pesquisa Urban Systems - Melhores Cidades para Negócios


Speakers:

Ana Paula Vescovi- Economista-Chefe do Santander

Leonardo Maciel - Secretário de Parcerias em Transportes do PPI

Fernando Camacho - Investment Officer - PPP Advisory Services

André Iasi - CEO da Estapar

Lucas Marquiori - Executive Director, Equity Research no BTG Pactual

Pedro Bruno - Superintendente da Área de Governo e Relacionamento Institucional do BNDES

Luis Henrique Guimarães - Diretor-Presidente da Cosan

Thiago Guilherme Péra - Coordenador-Técnico do ESALQ-LOG

Mansueto Almeida - Economista-Chefe do BTG Pactual

Fabiane Stefano - Editora de Macroeconomia da EXAME

Karla Bertocco Trindade - Sócia e Head de infraestrutura da Mauá Capital

Profº Adriano Pires - Sócio-Fundador do Centro Brasileiro de Infraestrutura (CBIE)

Fernando Barbosa - Economista-Chefe e Diretor do Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos do Bradesco

Christiano Vieira- Secretário de Energia Elétrica do Ministério de Minas e Energia

André De Angelo - Diretor da Acciona

Claudio Ribeiro - CEO da 2W Energia

Carla Aranha - Jornalista especializada em Macroeconomia na EXAME

Edvaldo Santana - Diretor Executivo na NEAL


Melhores cidades para Negócios

Ao final do evento, a EXAME vai divulgar os resultados do Ranking das Melhores Cidades para Negócios, realizado em parceria com a Urban Systems, empresa que elabora estudos de cidades voltados para o direcionamento de estratégia de expansão de negócios.

A Urban Systems avalia o perfil de demanda das cidades e mapeia a oferta concorrente, chegando a um diagnóstico da infraestrutura de apoio necessária para o índice de atração de investimentos do município.

O Ranking das Melhores Cidades para Negócios é publicado anualmente pela EXAME desde 2014. No ano passado, foram criados indicadores que consideraram, na criação do ranking, o impacto da pandemia de covid-19, como o número total de infectados e a taxa de letalidade, além de questões relativas aos reflexos da pandemia sobre a economia. Em 2020, foram analisados dados de todos os 326 municípios com mais de 100 mil habitantes do país.

11 visualizações0 comentário